Tad Morose - Chapter X

Vitne - Jupiter

Logo que coloquei este álbum para tocar já percebi algo diferente dos outros trabalhos de Joseph Kimbrell(Vitne, que significa "Witness" em norueguês), pois neste novo trabalho as guitarras estão mais pesadas que qualquer álbum lançado por ele anteriormente.
Depois de uma introdução, temos a pesada, melancólica e melódica ao mesmo tempo "Masquerade", onde percebemos a presença do guitarrista Julian Angel fazendo um grande trabalho.
Ele nos traz os anos 80 de volta com a faixa "Lion", essa mais hard rock, energética e com um bom refrão.
A "Make Believe" é uma boa música, com passagens que remetem ao pop rock, mas é uma boa música, aliás essa música rendeu algumas nominações. Diferente dos duas seguintes "Are you Real?" e "Under the Moonlight" que não me agradaram nem um pouco, baladas sem impacto para mim, aliás elas soam bem parecidas.
A faixa título "Jupiter" é praticamente um pop rock dos anos 80, como Vitne diz ser influenciado por algumas bandas japonesas, não é de se estranhar, mas novamente não é meu estilo.
Finamente temos uma música com mais peso em "Edge", e novamente tenho que dizer que Julian Angel fez um grande trabalho aqui.
Mais uma balada "Far Away" e uma música mais energética e "feliz" no final com "Say Goodbye", que me lembrou alguma coisa de filmes na linha American Pie" lol.
No geral achei esse último álbum melhor que os anteriores, Vitne segue o seu gosto musical sem sentar soar igual outras bandas, isso é importante, mas eu particularmente gostaria de ouvir mais peso em mais faixas como ele fez em algumas aqui, de qualquer forma, um bom álbum.

Rating: 7,5/10

Band:

Vitne – Lead and backing vocals, guitar, bass, flute, synthesizer, piano
Julian Angel – Lead guitar
Nigel Rios – Drums
Max Saidi – Drums (“Edge”)

Contact:

https://vitne.bandcamp.com/
http://www.vitne.net/
https://www.facebook.com/VITNEOfficial/


Comentários