Vigilante - Terminus of Thoughts

Wild Bitch - Streets of Danger

A primeira coisa que não passou desapercebido ao pegar esse álbum para ouvir é a arte da capa, pois ela é bem no estilo anos 80, já dando aquela boa primeira impressão logo de cara. Ao conferir o som destes italianos pude ver que eu não estava errado, e realmente a banda detona.
A banda passeia entre um hard n' heavy empolgante, com algumas semelhanças de bandas bem conhecidas, como Guns n' Roses(Appetite for Destruction), Skid Row, Judas Priest, Iron Maiden, Helloween, Stryper, Dokken, etc.
Uma banda que impressiona, basta começar pelos riffs da excelente "Rock Knight" e confira que o vocalista/guitarrista Valentino Francavilla é muito bom, sem desmerecer o trabalho do segundo guitarrista Marco Scattolin.
Sabe aquela balada muito bem composta que está longe de ser mais do mesmo, só conferir a faixa "Forever", com solos de guitarra que emocionam.
O grande destaque vai para a "Neoclasssical Dream", o que temos aqui é heavy metal na veia, nada mais, onde podemos ver as influências de Judas Priest e Iron Maiden, realmente excelente.
Temos a longa "You Taught Me to Live", onde a criatividade e capacidade de criar boas composições ficam mais evidentes, uma balada linda, que apesar de longa, te dá a impressão de durar segundos, com arranjos de piano, dando aquela clima meio Queen com algo de "November Rain" do Guns n' Roses, essa música emociona, e como é incrível o nivel de composição desta ainda jovem banda.
Eu consigo ver um futuro promissor para o Wild Bitch, e esse álbum foi só o começo, aguardando o que o futuro reserva para a banda, ela merece ser reconhecida.

Rating: 8,5/10

Band:
Valentino Francavilla - Vocals/guitar
Marco Scattolin - guitar
Davide Ravidà - bass
Andrew "Wydern" Vedorin - drums
Contact:


Comentários

Postar um comentário