Tad Morose - Chapter X

Strangeways - Perfect World

A banda de AOR Strangeways no passado foi uma das mais massivas e produtivas bandas do estilo, lançando grande álbums, realmente clássicos do AOR que marcaram uma geração.
Depois da volta da banda, tendo do anúncio que eles tocariam no Firefest festival, e gravariam um novo álbum com o vocalista americano Terry Brock(também cantou no "Promise Land" do Giant, ) que cantou em dois classicos da banda, e provavavelmente os melhores álbums "Native Songs" e "Walk in the Fire", a expectativa para este álbum foi grande.
Eu achei este álbum não desapontou, ainda conta com músicas que com certeza serão apreciadas por fãs de AOR, sem dúvida alguma.
É dificil comparar este trabalho com clássicos antigos, pois apesar do álbum ser muito bom, ele soa mais moderno, um AOR mais maduro. No meu caso eu tive que escutá-lo mais de uma vez para começar a compreendê-lo melhor,e  puder perceber o quanto bom ele é, e friso mais uma vez, sem comparações com os clássicos da banda.
A faixa titulo "Perfect World" tem um ar meio Journey, gostei muito deste inicio. Seguida da super lenta "Borderlines" que faz você viajar, no bom sentido claro, no mesmo esquema tem a "Time".
Uma que eu consideria mais "pesada" é a "Movin' On", apesar de ter um certo apelo moderno, se afastando um pouco do AOR praticado pela banda.
A última faixa "Say What you Want" é uma boa faixa, mais energética comparando com a maioria das músicas aqui, temos também a faixa bonus "Campaign Trail" neste minha versão japonesa, que também é mais agitada, estranho ter ficado apenas como bonus para o Japão.
Neste álbum parece que a banda não sabia se queriam seguir uma direção mais leve ou seja o que for, com um pouco mais de direcionamento poderia ser melhor, mas é um bom álbum mesmo assim.

Rating: 7,5/10

Band:
Terry Brock – vocals
Ian J. Stewart – guitars
Warren Jolly - bass
Jim Drummond - drums
David "Munch" Moore - keyboards

Contact:
www.frontiers.it

Comentários