Tad Morose - Chapter X

7 Seals - Moribund

















Mais uma banda de power metal, e mais uma do estilo vinda da Alemanha, país que sempre teve tradição neste estilo, mas que anda perdendo um pouco deste espaço com bandas de power metal da Itália ou Suécia, mas de vez em quando ainda podemos ver uma banda do estilo na Alemanha, como é o caso da banda 7 Seals.
Estilisticamente a banda se aproxima de milhares bandas de power metal por ai, poderia citar Custard, Blind Guardian, na parte mais épica da banda, pois algumas músicas possuem partes acústicas que fariam um fã do Blind Guardian feliz, como também bumbos duplos de bateria.
Na parte vocal, felizmente não temos mais um vocalista que imita nos minimos detalhes vocalistas como Michael Kiske ou Bruce Dickinson, os vocais de Markus Wagner são mais graves, e tons médios, nada de exageros, e isso ajuda muito a banda, apesar de mostrar um som clichê, nesta parte vocal não chega a enjoar. Lembrando que a banda conta com um novo vocalista, trata-se de Ross Thompson(Van Canto, The Display).
Falando sobre as músicas deste álbum com o titulo "Moribund", só pela capa épica você já deve imaginar o estilo das letras e também das músicas, ou seja, power metal com passagens épicas, refrões como hinos de guerra. Também há um vocal feminino em algumas músicas, que algumas vezes faz dueto com o vocal masculino, como também faz o vocal principal, ficou interessante, dá para imaginar a história contada por de trás das letras.
Depois de uma introdução no melhor estilo "introdução de filme", temos a faixa "To Forest Wild and Free", tipica faixa clichê que vem seguida de uma introdução, veloz, ou seja, já ouvimos isso um milhão de vezes em outras bandas.
A 3ª faixa "Treasure of the Elder" é mais cadenciada, e começa com uma parte acúsctica a la Blind Guardian, para depois virar uma faixa de heavy metal mais cadenciada, mas nunca deixando de soar épico. Neste mesmo esquema temos a longa faixa "The Isle of Fire and Ice", que também conta com vocais femininos.
Temos a linda faixa acústica "Fortune and Deceit", onde fãs de Blind Guardian bateriam palmas, onde o dueto vocal entre o masculino e feminino funciona que é uma beleza, e um destaque imediato para quem gosta da proposta.
Uma boa banda, que só peca por não mostrar nada fora do comum, com isso apenas fanáticos pelo estilo se interessarão pela banda, ainda mais com a saturação que o estilo sofreu nos últimos anos, mas de qualquer forma, confira e tenha a sua própria opinião.

Rating: 7/10

Contato/Contact:
www.7-seals.de
www.myspace.com/7seals

Comentários